Clarissa Assis

20 primaveras, leonina e persistente. Estuda Comunicação Social, é apaixonada por livros, música, séries e culturas. Não gostava de chá, mas agora seu passatempo favorito é ler um bom livro tomando uma xícara de chá fumegante e meias fofinhas nos pés.

@proximaprimavera

"Viva o milagre do amor a cada dia, hora e segundo" (13, FML Pepper)

 Sempre quis ler algo da autora FML Pepper e já sabia que Treze seria o felizardo pela sinopse que sempre chamou minha atenção e a capa que é a coisa mais linda! Não me arrependi e curti demais toda a vibe do livro.

Treze
FML Pepper
Editora: Galera Record
Ano: 2017
Páginas: 406
Adicione no Skoob - Compre aqui: Saraiva Amazon Kindle
Sinopse: Às vésperas de cometer o maior golpe de sua vida, a cética Rebeca vai a um parque de diversões decadente e se depara com uma enigmática cartomante que, contra a sua vontade, faz uma série de previsões bizarras sobre seu futuro. Para seu desespero, todas as nefastas previsões viriam a se concretizar e a arremessariam em um furacão de perdas e de derrotas. Quando sua vida chega ao fundo do poço, circunstâncias inesperadas lhe dão a chance de um recomeço e, querendo ou não, agora Rebeca não pode desprezar a última e mais perturbadora previsão da vidente: o número TREZE, ou melhor, o décimo terceiro namorado seria o homem que traria sua salvação. Longe dele, sua existência seria apenas caos e ruína. O que Rebeca jamais poderia imaginar, no entanto, é a que a cartomante camuflaria o predestinado atrás de charadas. Dois rapazes surgem em seu caminho e se encaixam perfeitamente nas pistas, mas apenas um deles será o grande amor da sua vida. É chegada a hora de decifrar o enigma do coração ou arriscar perder tudo para sempre.



  Rebeca é uma hacker, filha de uma criminosa russa. As duas planejam o maior roubo da vida delas quando Rebeca e sua melhor amiga visitam uma cartomante e, por mais que Rebeca não queira saber sobre, acaba descobrindo algumas premonições sobre seu futuro e sobre o amor da sua vida ser seu 13º namorado. As coisas complicam quando Rebeca conhece dois caras e não sabe qual dos dois é o felizardo.

“Eu acredito no resultado das ações, no que vejo, no que consigo tocar! No dia em que me encontrar com Deus ou com a “Dona Sorte”, mudo de ideia, está bem?”

   Sabe aqueles romances nacionais que você devora? Treze é um desses, que sinceramente me vicia a ponto de eu não fazer mais nada além de ler a trama. Os personagens são bem construídos e você realmente conhece as dores e desejos de cada um. Gostei demais que a protagonista não segue o padrão de mocinhas de romance e até o próprio no livro é tratado de forma menos ilusória sabe?

“Quem ama deveria dar sem pedir nada em troca. E todo mundo quer algo em troca. Todo mundo…”

  Claro que tem que ter um triângulo amoroso bem inevitável no meio de todos os acontecimentos de Treze. Na cara quem ganha o coração de Rebeca, claro, mas isso não muda nosso desejo de terminar logo o livro e saber quando termina.

“Viva o presente com alegria e esperança porque, como o próprio nome diz, ele é um presente de Deus. O grande prêmio de despertar a cada manhã, de amar e ser amado.”

   Esse livro mistura drama, romance e fantasia com uma dose de humor muito gostosa. Adoro quando a fantasia não é colocada como enfeite e sim como algo essencial. Fiquei impressionada como tudo fez sentido no final, apesar do clichê e de toda aquela coisa mocinho x mocinha e amor infinito. Gostei de ser impressionada com uns detalhes que foram total impensáveis no clímax da história e não me arrependi de ter dado uma chance à autora.

   Treze é pra quem gosta de romances clichês com fantasia e aquele tom gostoso dos romances nacionais. Única crítica que realmente me decepcionou foi o livro se passar no Brasil e alguns personagens terem nome estrangeiro sabe? Acho muito chato isso dos romances nacionais porque não acho que eu vá encontrar um Karl ali do outro lado da rua haha. Mas fora isso, gostei de me aventurar no mundo de Treze e ver até onde o amor pode nos levar!

“Viva o milagre do amor a cada dia, hora e segundo.”

Comentários

  1. Oi, Clarissa
    Eu sempre quis ler algo da autora, mas até agora não tive essa oportunidade. Eu amo demais essas capas e imagino que a história seja tão boa quanto.

    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Clarissa, tudo bem? Eu já vi tantas divulgações sobre os livros da autora, mas não tive a oportunidade de ler nenhum.. aliás, não sabia por qual começar e adorei a indicação desse especificamente. Apesar de ter um triângulo amoroso, que tem me incomodado bastante nos últimos livros que li, me interessei bastante pela história e já quero saber o que acontece no final. Vou colocar na wishlist interminável e, quando ler, já vou sabendo desse detalhe de nomes estrangeiros que concordo ser um pouco descabido para uma história que se passa em território nacional, mas ok!
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o triângulo amoroso nem é tão presente. Tanto que nem me incomodou! Acho que vale a pena mesmo assim haha

      Excluir
  3. Oi, Clarissa! Tudo bom?
    Infelizmente eu detestei esse livro. Achei o Karl de uma brutalidade quase animalesca e o relacionamento dele com a guria começou da pior maneira possível; abandonei um pouco mais pra frente porque só tava vendo uma Colleen Hoover 2.0 querendo romantizar abuso, então fugi dele.
    Mas a leitura funciona pra cada pessoa de um jeito diferente, então que bom que tu encontrou coisas boas no livro!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah se a gente pensar por esse lado, algumas cenas são mesmo desnecessárias viu, apenas ignorei e segui em frente, mas entendo seu lado total!

      Excluir

Postar um comentário

❤ Proibido usar palavras de baixo calão
❤ Não há moderação de comentários
❤ Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo e segui-lo no Google Friends Connect!