Clarissa Assis

20 primaveras, leonina e persistente. Estuda Comunicação Social, é apaixonada por livros, música, séries e culturas. Não gostava de chá, mas agora seu passatempo favorito é ler um bom livro tomando uma xícara de chá fumegante e meias fofinhas nos pés.

@proximaprimavera

Amizades, luto e esperanças (Dias de Despedida, Jeff Zentner)

Definitivamente Dias de despedida foi o livro mais triste de 2018. Triste não só triste de chorar porque aprendi que pior que chorar é ficar tão triste que dói respirar. Foi justamente assim que aconteceu durante minha leitura desse livro e mesmo assim não me arrependo de ter lido.


Dias de desp…

As polêmicas das Histórias e do Arquivo (A Guardiã de Vazios #2, Victoria Schwab)

   Dando sequência a continuação de A Guardiã de Histórias, Mackenzie me deixou bem dividida nesse livro! Já esperava que esse seria melhor que o primeiro e assim foi!

"Em vez de infância, tenho a guerra." (As Últimas Testemunhas, Svetlana Aleksiévitch)

Ultimamente venho gostando demais de ler sobre assuntos históricos que marcaram a humanidade. Na verdade, desde que li O Diário de Anne Frank e descobri ser meu livro favorito e tudo mais. Já conhecia a Svetlana, mas nunca tinha tido a oportunidade de ler até agora. Não me arrependi não!



As Últi…

A Rainha da Neve e um cãozinho perdido (Frio Congelante, Sarah Mlynowski)

Um dos livros mais fofos que já li deve ser falado e ainda por cima não só uma vez por aqui. Frio Congelante é independente, mas faz parte de uma série de livros com os mesmos personagens, que vivem novas aventuras e, mesmo sendo infantojuvenil, reascendeu aquele amorzinho que eu tenho por livr…

Cadê o respeito e a sororidade? (Pós-F, Fernanda Young)

   Aí se vai mais uma leitura que eu esperava uma coisa e na verdade foi completamente diferente. Pra quem não sabe, venho me interessando por políticas sociais já faz uns meses e o feminismo, que parecia algo bem radical pra mim, passou a ser algo que eu totalmente me identifico, então estou lendo mais e mais livros sobre pra aprender bastante. O problema foi eu não saber inicialmente que esse livro na verdade é o contrário de feminista.

Só mais uma pitadinha de... humor? (Malícias & Delícias, Tara Sivec)

Por essa capa acho que ninguém dá nada nesse livro viu. Depois de muita coragem acumulada, fui lá e comprei em um sebo na faculdade e valeu mais a pena do que eu esperava!



Malícias & Delícias Tara Sivec Editora: Valentina Ano: 2015 Páginas: 304 Classificação indicativa: +18 anos Adicione no Sko…

Memórias guardadas e revividas (A Guardiã de Histórias #1, Victoria Schwab)

   Já queria ler esse livro há muito tempo e ele sempre me chamava quando eu ligava o Kindle. A história bem fantasia prometia tudo pra mim, até que se tornou só mais um livro que criei expectativas e me decepcionei!

Todas as cores das melodias (Arte & Alma, Brittainy C. Cherry)

Brittainy C. Cherry é uma autora que eu gosto demais desde que me indicaram O Ar que Ele Respira e eu me apaixonei. A escrita dela me lembra total a da Colleen Hoover, só que sem todo o drama e assuntos sérios demais. Quando vi que a Galera estava lançando o novo livro dela, fui no céu e voltei…

Relógios, magia e arrepios! (O mistério do relógio na parede, John Bellairs)

Qual livro seria uma mistura de Harry Potter e Desventuras em Série? Definitivamente este. Nem é questão de ser parecido com algum desses dois, mas justamente por ter alguns elementos das duas séries que fazem a fantasia ser ainda mais divertida e viciante!

O Mistério do Relógio na Parede John …

O fim da jornada de Mia Saunders (A Garota do Calendário #12, Audrey Carlan)

   Finalmente cheguei ao final dessa série quase interminável. A Garota do Calendário esteve comigo nos últimos meses e nunca achei que chegaria ao fim dela, por tanto ranço da Mia nos últimos livros. Resolvi ter coragem de ler esse último. Tinha lido 11, certo? Mais um não ia me matar e não me arrependi de ter terminado.

"Todo mundo está tão melhor que eu" (Diário de uma ansiosa ou como parei de me sabotar, Beth Evans)

Pra quem tem ansiedade, é normal sentir como se ninguém te entendesse ou desse importância ao que você sente. Quando vi sobre esse livro, fiquei logo interessada por ser escrito por quem passa por isso de uma forma leve e com autoajuda.


Diário de uma ansiosa ou como parei de me sabotar Beth Evan…

Um triângulo amoroso de tensão e mistérios (Por trás de seus olhos, Sarah Pinborough)

Depois que li um post no Facebook sobre o final desse livro, não tive outra alternativa a não ser adicioná-lo na minha lista de leitura pra o mais rápido possível. Quem me conhece sabe que sou a louca dos thrillers e quanto mais ele me chocar, mais eu penso nele e mais eu me apaixono. Por trás d…

Robôs, alienígenas ou loucura? (Uma coisa absolutamente fantástica, Hank Green)

Já imaginou um livro com fantasia, distopia e conteúdo bem Black Mirror? Assim que recebi esse livro, morri de curiosidade pra conhecer esse novo universo com a April May e olha: fiz altas teorias que, a propósito, eu super acredito que pode acontecer com a humanidade haha. Um dos melhores livr…

Valentina e seu conto - de fadas? (Desencantada, Carina Rissi)

Depois de vários anos me aventurando na série Perdida, esse ano Carina Rissi nos presenteou com mais um livro da série, dessa vez com a Valentina, melhor amiga da cunhada da Sophia Clarke, nossa eterna menina perdida. Esse livro me relembrou a escrita leve e gostosa da autora e todo o meu amor p…

+ respeito, empatia, amor e - racismo e preconceito (O ódio que você semeia, Angie Thomas)

Tinha vontade de ler esse livro há tempos e agora que vai ser lançado no Brasil em Dezembro, não pude deixar de conferir essa obra maravilhosa. Já considero uma das mais importantes que li em 2018 e na vida!



O ódio que você semeia Angie Thomas Editora: Galera Record Ano: 2017 Páginas: 378 Classifi…

Alguns finais são apenas o começo... (E viveram felizes para sempre #9, Julia Quinn)

   Nem queria, mas esse momento chegou contra a minha vontade mesmo. A série dos Bridgertons chega ao fim depois de mais de um ano na companhia da melhor família. E viveram felizes para sempre é a finalização com o fim de todos os casais da série e ainda de bônus o que eu mais esperei: a história da Violet, mamãe Bridgerton!

3 séries de livros que nunca terminei


   Sempre to nessa de ir atrás de séries novas de livros, mas muitas, por algum motivo, eu nunca consegui terminar, então dói um pouco querer terminar e não lembrar nada do que aconteceu antes, né? Nesse post reuni três das que eu realmente espero conseguir concluir um dia. 

Lola, o youtube e os 13 segundos (quase) intermináveis (13 segundos, Bel Rodrigues)

Sou uma grande fã da booktuber Bel Rodrigues e dos livros de suspense e histórias reais que ela indica. Devo muito do meu amor ao gênero à ela, que me apresentou a obras incríveis. Dessa vez, foi a vez de conhecer a escrita dela, com seu primeiro livro e olha, talvez eu tenha ido com muitas exp…

A gente pode e DEVE falar de dinheiro! (Me Poupe, Nathalia Arcuri)

   Quando comecei o Milagre da Manhã, resolvi que a leitura que eu começaria o dia precisava me motivar e não havia momento melhor pra ler Me Poupe! do que aquele. Eu, que nunca tinha pensado em como gasto meu dinheiro, passei dias tendo algumas aulinhas com a Nathalia Arcuri sobre o que devemos fazer ou não se queremos investir, economizar e aproveitar e que pensar em dinheiro não é errado!

De Portugal para o Brasil, em 1930 (Das vindimas no Douro ao Rio de Janeiro, Ana Mariano de Carvalho)

Eu como sou bem apaixonada por romances e livros de época, fiquei animada com a possibilidade de poder conhecer não só o Brasil daquela época, mas de quebra Portugal. Os livros históricos que leio geralmente se passam em Londres e Europa em geral e vale descobrir como funcionava a vida de pesso…

Por que ando lendo mais e-book que livros físicos?



   Em um dos últimos post do blog falei sobre os livros que li mês passado e acabei me impressionando com a quantidade de e-books que li em relação aos físicos. Foram 5 e-books e 3 livros físicos e até aquele momento não tinha percebido que tinha ultrapassado os famosos livros físicos, sério. Fiquei bem chocada porque sempre fui dessas que não consegue de jeito nenhum trocar um livro físico lindo, com cheirinho, com várias páginas amarelas e ainda por cima que deixa o ambiente mais colorido. Como alguém prefere um livro digital, só letras e letras ao invés de tantos prós que os físicos trazem?

Amar e o medo de amar (O tipo certo de garota errada, A. C. Meyer)

Esse é um daqueles livros que são super clichês e te lembram muito fanfics ou filmes de comédia romântica, mas ao mesmo tempo te prendem até o fim. É aquele dilema, eu gosto, acho enjoativo, mas ninguém me faz parar!



O tipo certo de garota errada A. C. Meyer Editora: Galera Record Ano: 2018 Pág…