Clarissa Assis

20 primaveras, leonina e persistente. Estuda Comunicação Social, é apaixonada por livros, música, séries e culturas. Não gostava de chá, mas agora seu passatempo favorito é ler um bom livro tomando uma xícara de chá fumegante e meias fofinhas nos pés.

@proximaprimavera

Vivendo a vida de adultos! (Adulta sim, madura nem sempre!, Camila Fremder)

Um dos livros que mais me divertem são os não-ficção que trata a realidade com comédia. Assim que vi o título Adulta sim, madura nem sempre, logo me identifiquei por aí. Imaginei o que vinha pelo resto do livro e gostei demais!





Adulta sim, madura nem sempre
Camila Fremder
Editora: Paralela
Ano: 2018
Páginas: 136
Adicione no Skoob - Compre aqui: Saraiva   Amazon  Kindle
Sinopse: A vida adulta chega de uma hora para outra e nem sempre estamos preparados para ela. E tudo bem. Um dia você é a jovem moderna que ouve música alta e incomoda a vizinha. Num piscar de olhos é você quem está interfonando para o porteiro e reclamando, aos berros, do som da garota que mora no andar de cima. O que aconteceu? Simples: a vida adulta chegou. Quer dizer, não tem nada de simples. Como Camila Fremder mostra neste seu novo livro, a vida adulta costuma chegar de uma hora para outra, sem avisar, sem um curso preparatório, sem nada. Ou pelo menos é assim que a gente se sente. E a consequência disso é muito estranhamento, reflexões e boas risadas. Saem de cena as noites agitadas e os dias sem grandes preocupações, sendo substituídos por fraldas (no caso de quem tem filho), boletos e muita paranoia com a aparência. Com observações perspicazes e bom humor, Camila nos ajuda a entender e aceitar melhor essa transição. Um livro que você não vai conseguir largar. A menos que o bebê acorde ou esteja na hora de você correr para o batente.
 



   Neste livro, a autora conta como se tornou adulta percebendo pequenos acontecimentos e preocupações do dia a dia, mas sem realmente se considerar adulta. Quem nunca né? A cada página ela relata como foi o começo da juventude com responsabilidades e também desconstroi tudo que você imagina ser lindo na maturidade adulta e gravidez.
 

   Dei umas boas risadas neste livro. Sério mesmo, não sei se rio pra não chorar ou rio de achar engraçado. A Camila Fremder fala de tanta coisa que já passei que chega a ser cômico. A gente não sente quando tá se tornando adulta, mas quando para pra analisar que o preço da tomate aumentou e você fica com raiva, cai a ficha aos poucos. Quem sou eu???

   Ela também fala muito de mitos de gravidez e eu, mesmo querendo muita distância do assunto, gostei demais de saber o porquê de varias coisas e também de saber realmente como é engravidar e o que isso muda na nossa rotina. E não, não é nada fantasioso e sim a realidade SEM FILTROS.



  Isso que mais gostei neste livro. A autora não tem filtro nenhum e ao invés de tornar o livro mais cômico, torna ainda mais real e aproxima ainda mais a gente dela. Se a gente não passou ainda pelo perrengue que ela conta, vamos passar ou conhecer alguém que vai passar! Foi uma leitura divertida, me identifiquei muito e espero saber lidar com muita coisa como Camila lidou haha.

Comentários

  1. Nossa, parece uma leitura muito divertida. Parece ser ótimo para ler no final da tarde ou numa viagem. Espero ler ele em breve ^-^

    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  2. Oi Clarissa, tudo bem? É, o tempo não tem clemência e a vida adulta chega arrasando mesmo (em vários sentidos). Adorei essa dica, vou querer ler, com certeza, mesmo que alguns momentos já tenham passado é sempre bom enxergar novamente algumas coisas até para estar preparado para quando os filhos venham a passar por esses momentos (mesmo que demore um pouco a chegar).
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim hahhaa é sempre bom relembrar uns perrengues e ver o quanto você sobreviveu né? haha

      Excluir
  3. Oie!!

    Tô querendo ler esse livro exatamente por causa do que ele trata. Eu sou exatamente isso: uma adulta que ainda não é adulta! hahaha Como o tempo passa rápido demaiss, e num instante a gente é adolescente, jovem, e a gente pisca e já tá casada, com aluguel pra pagar, boletos... =[

    Mas é a vida né, fazer o que? Mas quero ler o livro porque ele traz essa dura realidade de uma forma engraçada, pelo visto. haha

    Bjao
    Início de Conversa

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Menina, já quero ler esse livro. Parece muito divertido. Adoro livros de não-ficção que mostram a vida como ela é. Adorei saber que mostra a maternidade nua e crua. Sou mãe e me sinto culpada quando falo sobre ser mãe sem filtros, já que muitos acabam me julgando como uma mãe ruim, e não uma mãe real.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir

Postar um comentário

❤ Proibido usar palavras de baixo calão
❤ Não há moderação de comentários
❤ Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo e segui-lo no Google Friends Connect!