Relógios, magia e arrepios! (O mistério do relógio na parede, John Bellairs)

05 dezembro 2018
   Qual livro seria uma mistura de Harry Potter e Desventuras em Série? Definitivamente este. Nem é questão de ser parecido com algum desses dois, mas justamente por ter alguns elementos das duas séries que fazem a fantasia ser ainda mais divertida e viciante!


O Mistério do Relógio na Parede
John Bellairs
Editora: Galera Record
Ano: 2018
Páginas: 192
Adicione no Skoob - Compre aqui: Saraiva  Amazon  Kindle
Sinopse: Recheado de fantasia e aventura, a história do mestre do mistério John Bellairs ganha adaptação para o cinema em uma superprodução estrelada por Cate Blanchett e Jack Black. Lewis Barnavelt, de apenas 10 anos, acaba de perder os pais e vai morar com o tio Jonathan Barnavel, mas ele espera encontrar uma pessoa comum. Só que o tio é tudo, menos comum. Jonathan e sua vizinha, a Sra. Zimmermann, são bruxos. Lewis, que sempre desejou viver uma grande aventura, não poderia estar mais entusiasmado. No começo, assistir à magia é suficiente, mas então ele resolve experimentar a própria magia e, sem querer, ressuscita a antiga proprietária da casa: a temida Serenna Izard. Parece que Serenna e seu marido construíram um relógio nas paredes, e não qualquer relógio. Um relógio que pode aniquilar a humanidade. E somente os Barnavelts podem pará-lo.
*Exemplar cedido em parceria com a Galera Record 

 

   Nesse livro, o Lewis é um garoto de 8 anos que acaba de se mudar para a casa do tio Jonathan, depois que seus pais morreram. Na grande casa do seu tio, acaba descobrindo a grande quantidade de relógios nas paredes, magia de verdade e um mistério a ser resolvido que poderia acabar com toda a humanidade!

"Lewis pensou um bocado sobre os vitrais e o cabide de casacos. Seriam mágicos? Ele acreditava em magia, apesar de terem lhe dito para não acreditar. Seu pai tinha passado uma tarde inteira explicando a Lewis que os fantasmas eram causados por raios X que ricocheteavam de planetas distantes."

   Que gostosura de se ler, viu. Me senti criança de novo me aventurando por um novo mundo de magia e diversão. Me imaginei várias vezes sendo o Lewis e quase entrei no livro para viver também aquele mistério assombroso. O Mistério do Relógio na Parede é bem fino e por isso mesmo deixa a gente querendo mais e mais. 

    O autor faz as aventuras de Lewis parecerem deliciosas não só para crianças, mas também para qualquer idade. Qualquer pessoa se aventuraria naquela casa com relógios e mágicas loucas, atrás de um mistério né? Algumas vezes só queria ser amiga do protagonista e poder desvendar tudo com ele, sério. 

   Pensei que o mistério ia ser bem bestinha já que percebe-se que o público alvo do livro é um pouco  mais jovem que eu, mas não. Eu me envolvi total e por mais que seja fantasia, toda a teoria do livro me pareceu até real! As melhores partes do livros são durante o Halloween, fiquei ainda mais animada, já que também li nesses tempos. 

"Havia alguma coisa acontecendo naquela casa, alguma coisa que ele não conseguia entender direito. Pensou em Jonathan paralisado enquanto o relógio na torre da igreja badalava; pensou na Sra. Zimmerman escutando encostada na parede. Era estranho."

   O final é o clímax tão esperado durante o livro inteiro. Geralmente não sou muito fã de fantasias assim porque não consigo imaginar tanto coisas que não existem na vida real. Mas com O Mistério do Relógio na Parede consegui criar meu próprio mundo mágico que deveria ter durado mais! O clímax puxando o final me decepcionou um pouco porque eu esperava um pouco mais de desenvolvimento ali na parte principal do livro. Mas não tira a qualidade do livro. O filme foi lançado esse ano, estrelando o Jack Black e estou louquíssima pra assistir e contar pra vocês o que achei!


18 comentários

  1. Oi Clarissa, tudo bem? Eu não conhecia esse livro, mas parecer ser uma delícia de ler.. uma fofura! Com certeza eu sairia comprando agora se tivesse alguns anos a menos, porque apesar de adorar fantasias juvenis não sei se a história me prenderia no momento, talvez daqui um tempo eu dê uma chance à leitura. Adorei a indicação e vou deixar anotado aqui uma ótima dica para presentar jovens também.
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito delicioso sim! Mas além de ser juvenil, ainda prendeu minha atenção então esse é dos bons mesmo hahaha

      Excluir
  2. Oi Clarissa, tudo bem? Eu gostei do filme, achei que foi voltado ao público bem mais jovem, mas foi divertido de qualquer forma, estou com o livro na minha estante e agora fiquei com vontade de ler!

    BJs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou assistir o filme em breve mas devem ter arrasado com o livro que tinham em mãos hahaha

      Excluir
  3. Olá, Clarissa.
    Eu fiquei bastante interessada na história quando fiquei sabendo do filme. E não sabia que tinha livro até bem recentemente. Gostei muito da resenha e com certeza vou querer ler ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale super a pena, Sil! A gente se sente criança de novo <3

      Excluir
  4. Só o título já me chama atenção!

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  5. pelo sua primeira linha dizendo que esse livro é uma mistura de HP com desventuras eu já quero ler! ahaha adorei conhecer o livro por aqui, achei um maximo

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eu achei bem uma mistura viu hahahaha bem mágico e mais pro lado infantil!

      Excluir
  6. Oi, Clarissa!
    Acho que ouvi falar desse livro por causa do filme né, eu nem curto mais livros de aventura assim mas esse me chamou bastante atenção por causa do parentesco com outras obras. Com certeza leria.
    Beijo!

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não curto muito, mas os que prendem minha atenção viram logo meus favoritos haha

      Excluir
  7. Hi, tudo numa nice?!
    É interessantíssimo como leituras iguais podem transpor emoções e sentimentos diferentes. Li essa obra recentemente, e diferente de você não consegui curtir a obra. Para mim não é problema a fantasia inserida no mundo real, muito comum, eu até gosto e acho normal. Nem sei direito qual foi meu problema com a obra, mas ela não funcionou para mim. Leio livros infantis e a idade da personagem não foi problema para mim, nem mesmo as atitudes próprias de crianças que fez o Lewis fazer besteira. A obra não funcionou comigo mesmo eu querendo muito. Mas que bom que funcionou contigo. Mesmo não gostando do livro eu mal posso esperar para conferir o filme. :)
    XO XO
    https://piecesofalanagabriela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes acontece isso mesmo e a gente nem sabe o porquê. Só não nos identificamos com a obra e pronto, acontece demais comigo. Tenta o filme, vai que cola!

      Excluir
  8. Eu vi o trailer do filme, mas não sabia que era baseado em um livro. A narrativa parece mesmo ser uma delicia, é ótimo quando a gente lê um livro aparentemente infanto-juvenil e tem uma surpresa de imersão na história né?!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  9. Oi, Clarissa!
    Eu adoro fantasia. Tinha visto o trailer, mas nem interessado tanto. O filme me pareceu infantil, apesar de amaaaaaaaaar Cate Blanchet.
    Mas agora quero ler/ver por causa do seu comentário.
    E fantasias eu gosto mesmo as um pouco mais de criança. Afinal, sou doida com Nárnia e Harry Potter até hoje.
    Gostei da dica!

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas vai que o filme é melhor do que aparentava no trailer? Só sei que o livro é ótimo e eu confio no potencial do filme hahhaha

      Excluir

❤ Proibido usar palavras de baixo calão
❤ Não há moderação de comentários
❤ Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo e segui-lo no Google Friends Connect!

por aqui...

algumas parcerias e informações