Amar e o medo de amar (O tipo certo de garota errada, A. C. Meyer)

11 outubro 2018
   Esse é um daqueles livros que são super clichês e te lembram muito fanfics ou filmes de comédia romântica, mas ao mesmo tempo te prendem até o fim. É aquele dilema, eu gosto, acho enjoativo, mas ninguém me faz parar! 

O tipo certo de garota errada
A. C. Meyer
Editora: Galera Record
Ano: 2018
Páginas: 280
Classificação etária: +18 anos
Sinopse: O início da vida adulta não é nada fácil. Principalmente se você não é exatamente aquele tipo certo de garota. Aquele que frequenta todas as aulas da faculdade que o pai escolheu e sabe o que quer. O orgulho do papai e da mamãe. Aquele tipo de garota com o cabelo perfeito e hábitos saudáveis. Malu não é nada disso. Por outro lado, ela vive plenamente, como se cada dia fosse o último, e nada parece abalar sua coragem e determinação. Em meio a um problemático relacionamento com os pais, ela começa a faculdade de Direito a contragosto e lá conhece Rafael. Rafa está terminando o curso e os dois se tornam inseparáveis. Mas é só amizade. Até outro sentimento começar a falar mais alto. Com a atração se tornando incontrolável Malu e Rafa se permitem viver uma relação sem compromissos: livre, mas ao mesmo tempo intensa e apaixonada. Até que o destino os coloca diante de uma armadilha cruel. Pode o amor ser mais forte que o medo de amar?


   Nesse livro conhecemos a Malu, a considerada “garota errada”. Ao contrário da maioria das mulheres que conhece, Malu não tem papas na língua e faz o que bem entender. Isso depois de ter falado pro pai juiz que não queria continuar na faculdade de Direito e sim fazer artes plásticas. Assim, ela é quase deserdada da família e com ajuda do Rafa, seu melhor amigo, acaba seguindo atrás de seus sonhos, sem se deixar entregar aos sentimentos que afloram por ele.

"Essa não é uma história sobre uma princesa que vivia em um castelo e, num belo dia, encontrou o príncipe encantado, se apaixonou e viveu feliz para sempre, rumo ao por do sol num cavalo branco."

   Quando eu digo que o livro é clichê, quero dizer que dá pra adivinhar toda a narrativa em alguns capítulos de leitura. Pra mim, foi a fórmula perfeita da minha pré adolescência, em que alguns romances que li eram bem assim, moça e mocinho que se gostam, mas não assumem, problemas, mais problemas, um clímax de quebrar a cabeça e um final feliz. É a fórmula do romance básico, certo? 

"Quando a gente pensa em desistir, seguir em frente pode ser a melhor opção."

   O negócio é que A.C Meyer não só misturou tudo isso, como fez uma narrativa simples, rápida e gostosinha. Você começa, sabe como vai terminar, mas impossível parar de verdade. E apesar disso, a autora mostrou que sabe brincar mesmo quando trouxe pra roda um dos elementos favoritos do Nicholas Sparks e puft! Eu, particularmente, não sou fã da estratégia que ela usou, acho acima, above, lá no céu de clichê. Muitas coisas aconteciam de uma hora pra outra, magicamente ou tão fácil quanto comprar pão, sabe? Tanto que como nos romances do querido Nicholas, a gente já sabe o que sentir, o que temer e o que esperar do final. Ei, nem vem achar coisa trágica de O tipo certo de garota errada não! 

   Todo livro tem seu ensinamento, assim como todos os clichês, que são clichês por uma razão, vai. Acho que do início ao fim é clara a lição que a autora nos quer passar de amores reais e passageiros. A gente qual amor é duradouro, qual vale a pena e tudo mais, mas se a gente não tentar, nunca vai saber mesmo e nunca vai se sentir amado e importante. Aprendi isso com a Malu.

"Você está fugindo dos sentimentos, mas se privar de um relacionamento e das coisas boas que vêm com ele não é garantia de felicidade, Malu. Só de solidão. E viver só é muito triste."

2 comentários

  1. Oi Clarissa tudo bem? Eu já li um livro da autora e gostei, não foi assim mega impactante, mas gostosinho de ler. de cara já gostei da protagonista!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que os livros dela são bem levinhos assim então!

      Excluir

❤ Proibido usar palavras de baixo calão
❤ Não há moderação de comentários
❤ Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo e segui-lo no Google Friends Connect!

por aqui...

algumas parcerias e informações