A busca pelo amor tão falado nos romances (Quando o amor bater à sua porta, Samanta Holtz)

05 setembro 2018
   É muito fácil falar que romances são previsíveis ou que tudo que lemos nesse gênero é falso, pois não existem príncipes à nossa espera. Esse livro vem pra provar que isso é bem verdade. Nada de príncipes, até porque, sinto muito, nenhum homem é além de alguns específicos lá na Europa. E você também nem é uma princesa. Nada de romance conto de fadas, então. Mas isso significaria que os romances ainda assim estão errados? Falariam de um sentimento que não existe e não bate à sua porta, como fazem parecer?



Quando o amor bater à sua porta
Samanta Holtz
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 304
Classificação etária: +14 anos
Adicione no Skoob - Compre aqui: Saraiva  Amazon  Kindle
Sinopse: Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso. Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade. O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja. Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer.

 

   Como qualquer romance que se preze, esse livro me encantou do início ao fim e eu não estava esperando por isso. Talvez estivesse, pois já li inúmeras resenhas lindas sobre esse livro, mas acho que nunca posso me deixar ser influenciada por isso, já que já li livros que não gostei e a maioria das resenhas são positivas. Já Quando o amor bater à sua porta, me surpreendeu demais. 

"É por isso que minhas histórias de amor estão nos livros, e somente nos livros."

   Malu Rocha é uma escritora famosa que está escrevendo seu último romance, quando um estranho bate à sua porta, alegando ter tido uma reunião marcada com ela, mas não lembra quem ele é, já que sofreu um acidente. Enquanto sofre tentando escrever um final digo para sua protagonista e seu par romântico, Luiz Ótavio, na vida real um Luiz Otávio de verdade precisa da sua ajuda para descobrir quem é.



   Acho que a narrativa vai bem além da sinopse. Esse é um daqueles livros que você lê achando que é isso, mas acaba tomando outros rumos, como a autodescoberta, que tá bem presente na Malu nesse livro. Será que vale a pena escrever sobre o amor de forma clichê, como todos os outros romances, ou mandar a real falando que amor de livros de romance não é real? 

"As pessoas lutam, erram, se decepcionam. Perdem a memória! Mas, quando se sentam para ler, não querem mais daquele sentimento negativo. Querem sonhar, acreditar que a felicidade é possível, mesmo que através de uma história inventada por outra pessoa. Elas passam a acreditar naquilo e, por um instante, tomam o sentimento emprestado, como se fosse delas. É por isso que elas gostam tanto de finais felizes."

  Eu mesma aprendi demais com esse livro. Muitas vezes fiquei do lado de Malu, sendo bem cética em relação ao amor perfeito. O negócio é que não existe amor perfeito, nem amor de conto de fadas, nem par perfeito. Seu par perfeito é você mesma. Mas como no filme Voando Alto, às vezes, a vida fica mais completa perto de pessoas que a gente ama, independente de um parceiro. O importante é estar rodeado de amor: de amigos, de parceiros, de família e com você mesma (o). Malu Rocha me fez repensar algumas coisas e até entender o propósito do livro clichê sobre livros clichês.



   Como falei nos stories do Instagram, esse livro é um clichê super clichê, que não chega a ser tão clichê assim, sabe? Amei tanto o livro que já quero sair pedindo pro pessoal ler, principalmente pra quem é uma Malu Rocha, assim como eu, além de ser uma leitura muito gostosa, rápida, fluida e inspiradora, que além do romance, fala de família, luto, fim de relacionamentos, felicidade e sucesso na vida.

"O final de uma história não é como ela termina. Na verdade, é como ela começa."

P.S.: O livro tem uma playlist de músicas LINDAS logo antes de começar, pra você ouvir lendo, com cada música um capítulo. Adorei o cuidado da autora em deixar tudo perfeito! <3

6 comentários

  1. Oi Clarissa. Esse livro já estava na minha lista de desejados, mas não sei o que me levou a tirá-lo de lá. Ler a tua resenha me motivou a recolocá-lo na lista e dar uma chance a esse romance diferente, clichê, mas não clichê.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recoloca sim!!! Ele é um dos melhores livros que já li esse ano, sério <3

      Beijos

      Excluir
  2. Oi Clarissa! Eu também sempre vejo as pessoas elogiando muito esse livro e tenho uma amiga que tem essa autora como sua favorita da vida. Por isso sempre tive muita curiosidade de ler ☺ Agora com sua resenha fiquei ainda mais interessada ♥ Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  3. Oi, Clarissa
    Eu amei esse livro! Comprei ele depois da sua indicação que ele estava baratinho na Americanas e fiquei muito feliz com essa história. Eu só achei a protagonista meio chata em alguns momentos sabe? Achei ela um pouco rabugenta, mas eu amei de todo coração essa história.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmmmm, no começo eu achava a Malu insuportável, só com um tempo que ela foi melhorando. Eu também amei muitooo <3

      Excluir

❤ Proibido usar palavras de baixo calão
❤ Não há moderação de comentários
❤ Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo e segui-lo no Google Friends Connect!

por aqui...

algumas parcerias e informações