2

A Menina que não acredita em milagres
Wendy Wunder

3

O Clube dos Oito
Daniel Handler

4

O Conde Enfeitiçado
Julia Quinn

5

Londres é nossa
Sarra Manning

1

A Garota do Calendário #9
Audrey Carlan

RESENHA: Todas as Garotas Desaparecidas - Megan Miranda

10 fevereiro 2018
Todas as Garotas Desaparecidas
Megan Miranda
Editora: Verus
Ano: 2017
Páginas: 294
Adicione no Skoob - Compre aqui
Sinopse: Faz dez anos que Nicolette Farrell deixou Cooley Ridge, sua cidadezinha natal, depois que sua melhor amiga, Corinne, desapareceu sem deixar rastros. De volta para resolver assuntos pendentes, Nic logo se vê imersa em um drama chocante que faz o caso de Corinne ser reaberto e remexe em antigas feridas. Logo ao chegar, Nic descobre que seu namorado da época está envolvido com Annaleise Carter, a jovem vizinha que foi o álibi do grupo de suspeitos para a noite do sumiço de Corinne. E então, poucos dias após a volta de Nic, Annaleise desaparece. Agora Nic precisa desvendar o desaparecimento de sua vizinha e, no processo, vai descobrir verdades chocantes sobre seus amigos, sua família e o que realmente aconteceu com Corinne naquela noite, dez anos atrás. Todas as Garotas Desaparecidas é um suspense psicológico impactante — contado de trás para frente. Quando você pensa que está seguindo por um caminho conhecido, Megan Miranda — autora revelação no gênero do suspense — vira tudo de cabeça para baixo e nos faz questionar até onde estaríamos dispostos a ir para proteger aqueles que amamos.
 

      Confesso que assim que ouvi falar nesse livro, no ano passado, fiquei me roendo de curiosidade. Tudo que o livro propõe é o que eu gosto: um belo de um suspense com investigações criminais. Cheguei numa fase da vida em que esse é meu gênero literário e isso me dá muito o que pensar e refletir. Assim como foi, de fato, a leitura de Todas as Garotas Desaparecidas. Pra quem curte o Harlan Coben, esse é o livro perfeito pra você.

"Mas eis uma coisa que aprendi sobre ir embora: é impossível voltar de verdade."

      Nesse livro, conhecemos Nicolette Farrell, uma mulher que fugiu de sua cidade pequena há dez anos, procurando por uma mudança de vida, o que não acontecia no interior. Nic precisa voltar a Cooley Ridge, sua cidade natal, por conta da piora de seu pai, que sofre de perda de memória e acessos de insanidade. É lá que ela revive seus medos de quando tinha apenas 18 anos de idade e viu sua melhor amiga, Corinne, desaparecer sem deixar rastros. E quando Nic acha que pode passar por algumas semanas nessa cidade, a atual namorada do seu ex namorado de 10 anos atrás também desaparece. E ela inevitavelmente precisa investigar ela mesma todo o caso, já que a polícia nunca conseguiria resolver, pois cada pessoa envolvida com Corinne, 10 anos atrás, mentiu no interrogatório da polícia. 

"Éramos uma cidade cheia de medo, em busca de respostas. Mas também éramos uma cidade cheia de mentirosos."

     Primeiro, deixa eu dizer a vocês que não sabia o que pensar no início do livro. Parecia meio confuso, mas eu queria continuar lendo e ver no que ia dar. Com o passar dos capítulos que fui percebendo que o livro voltava no tempo cada vez mais, cada capítulo terminava com algo chocante, e o próximo começava simplesmente com um "1 dia atrás...". Fiquei revoltadíssima, já que procurava explicações de tudo e a história insistia em nunca revelar nada, sempre voltando ao dia anterior. Cheguei em um momento que não sabia se estava mais ansiosa pela revelação do desaparecimento da Annaleise (que sumiu no tempo presente do livro) ou do de Corinne (que sumiu 10 anos antes). 

    Desconfiei de todo mundo porque a própria protagonista desconfiava e estava investigando. O grande xeque mate e plot twist de tudo é o que foi dito no começo do livro e ficou bem claro. Cooley Ridge esconde segredos e cada um dos moradores mentem, assim como os envolvidos com Corinne, no passado, mentiram sobre a última vez que a viram. Quem saberia da verdade? Onde estaria Corinne e porque outra menina desapareceu justamente na volta de Nic à cidade? E o principal: POR QUE DIABOS A AUTORA CONTOU A HISTÓRIA DE TRÁS PRA FRENTE?

   Sim, você consegue as respostas para essas perguntas, mas demoraram tanto e o plot twist nem foi tão inesperado assim, já que já estava tudo confuso mesmo pela linha do tempo do livro ser ao contrário. Mesmo assim devo considerá-lo um suspense psicológico muito bom, me prendeu de verdade, à ponto de me fazer terminar em poucas horas. Alguns momentos os cenários me lembraram um pouco de Pretty Little Liars, com o desaparecimento da Alison DiLaurentis, mas só por alguns segundos. Eu com certeza leria esse livro de novo, só que começando de trás pra frente, para assim começar a perceber pistas que eu não consegui perceber antes pelo lindo truque de uma linha do tempo bagunçada!

"Talvez meu pai tivesse razão, esse tempo não era real. Apenas uma coisa que criamos para seguir em frente. Apenas um rótulo para dar sentido às coisas."

  1. Oie,
    Que bom que gostou do livro mesmo ele sendo meio confuso.
    Gostei do suspense.
    Dica anotada.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É confuso sim, mas até que tudo se conecta no final hahahah

      Beijãoo

      Excluir
  2. Esse livro está na minha listinha já faz algum tempo! *.*

    mariasabetudo

    ResponderExcluir
  3. Terminei a leitura desse livro, mas confesso que esperava bem mais dele.
    A trama é legal, mas não foi tudo o que imaginei.

    Abraços,
    Natalia
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Eu até me surpreendi bastante com a mistura do livro haha

      Beijoss

      Excluir
  4. Oiiii querida!

    Adorei a resenha, e esses quotes foram incríveis. Eu ainda não tinha parado para ler nenhuma resenha do livro, mas agora já posso começar a minha leitura sem medo ou receio.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Alice!!
      Pode ler e me diz depois o que achou, ta? hahaha

      Beijoss

      Excluir
  5. Esse livro também foi publicado aqui em Portugal, estou muito curioso com ele, apesar de ser um género que não aprecio muito. :)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro interessante de ler, te prende demais!

      Excluir
  6. Olá,
    O gênero é meu favorito, então estou bem ansiosa para ler esse.
    Espero curtir tanto quanto você.

    bjs

    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já está virando meu gênero favorito!! Espero que goste também :)

      Beijoss

      Excluir
  7. Olá Clarissa! Tudo bem?
    Não conhecia esse livro, e pela sua resenha á o coloquei na minha lista.
    Parece que a ordem cronológica me lembra muito Caixa de Pássaros.
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre que será sempre bem vindo(a).

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, lembra um pouquinho Caixa de Pássaros, mas a cronologia reversa desse é ainda mais instigante haha

      Excluir
  8. Eu fiquei curiosa quando vi esse livro e bem que desconfiei ter um toque de PLL no estilo RSrs
    Gostei da sua resenha.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHHAHA já lembra um pouco PLL né? <3

      Beijoss

      Excluir
  9. Clarissa parabéns, sua resenha ficou maravilhosa de ler. Bem estruturada, objetiva e com suas impressões em destaque. Adoro saber os detalhes de como foi a leitura pq o enredo geralmente procuro nas sinopses. Vc fez tudo na medida que me deixou curiosa até a última linha. Não gosto de enredo com a cronologia assim, mas confesso que vc me deixou curiosa.
    Parabéns pela leitura e valeu pela dica. Beijos


    Leituras, vida e paixões!!

    ResponderExcluir

❤ Proibido usar palavras de baixo calão
❤ Não há moderação de comentários
❤ Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo e segui-lo no Google Friends Connect!