RESENHA: Namorado de Aluguel - Kasie West

28 dezembro 2017
Namorado de Aluguel
Kasie West
Editora: Verus
Ano: 2016
Páginas: 250
Adicione no Skoob - Compre aqui
Sinopse:
Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento. Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma.
 

     Faz bastante tempo que tento começar a ler esse livro, mas sempre adiei a leitura. Só pude fazer isso até certo ponto já que o livro esteve na minha meta de leitura do Skoob o ano inteiro e só ele eu não havia lido ainda. Dos 25 livros na lista, Namorado de Aluguel foi o 25º e posso dizer que fechou com chave de ouro. É um young adult bem legal e com muitas lições de coragem e amizade, ao contrário do que eu esperava. 

"Oi? Era minha formatura. Ele ia mesmo me fazer entrar sozinha no baile onde eu provavelmente seria coroada rainha?"

    Gia é uma das garotas mais populares do colégio e presidente do conselho estudantil. Ela é notada por todos, mas não nota ninguém além de suas amigas. Seu namorado universitário termina poucos antes da entrada de um baile que Gia tinha planejado tudo: finalmente mostraria as amigas que namorava um cara universitário que era real. Todo o plano foi por água a baixo e sua única solução foi pedir a um garoto que tinha ido levar a irmã para ser seu namorado de mentira só por essa noite. Mal ela sabe que esse segredo e as mentiras aumentariam e mudariam sua vida. 

    Eu jurava que esse livro era 100% clichê. Não tinha como não ser, certo? O mocinho finge ser namorado da mocinha e eles acabam juntos no final, um puro romance blá blá blá bem água com açúcar. Claro que Kasie West quis fazer diferente e transformar Namorado de Aluguel em um young adult, onde a protagonista Gia não estaria inteiramente interessada na sua vida amorosa. Não quando tem problemas com família, identidade, amizades e com seu futuro. 

"- Daqui a dez anos, quando as pessoas pensarem no ensino médio, vão  lembrar do seu nome. Vão saber quem você era.
Como as pessoas saberiam quem eu sou, se nem eu mesma sabia?"
    O livro mostra que por mais que seja na adolescência que as crises aconteçam, você não precisa necessariamente ficar no chão. E que se todas as meninas namoram, você não precisa namorar também só porque elas namoram. Você não precisa ser o que querem que você seja e nem aceitar tudo com um aceno de cabeça. Gia questiona muita coisa da sua vida, incluindo as pessoas que ela andava e as pessoas que ela julgava e por isso passava longe. Namorado de Aluguel mostra um cenário típico de Ensino Médio no mundo todo e também o que o vício nas redes sociais e a aceitação no meio social afeta as pessoas. Acho que todo mundo já foi um pouco Gia na vida e ela precisou passar pelos perrengues do livro para descobrir quem ela era. Gosto muito de livros assim.

    Óbvio que o livro tem um romancezinho. O que é um young adult sem romance? É muito lindo ver como ela se relaciona com o mocinho e como o foco da autora não foi evidenciar o relacionamento dos dois, mas o quanto eles cresceram juntos como amigos, sabe? Claro que o livro é sim clichê a certo ponto. O nome do livro é Namorado de Aluguel, oras. Não tinha como sair muito desse eixo e uma coisa negativa que achei do livro foi justamente a superficialidade de algumas coisas. Acho que tem muitas partes que a autora poderia ter evidenciado um pouco mais por serem tão frequentes na vida de um adolescente, mas ela fez parecer "normal", sabe? Como se por a protagonista ter seus 16/17 ela precise aceitar estar errada em situações familiares. Mas tirando isso, gostei bastante do livro e já quero conhecer outras obras da autora. 

"Eu me importava com o que os outros pensavam sobre mim. Apagava fotos ou tuítes que não tinham muitas curtidas. Media meu valor nesses termos. Devia ser a garota mais superficial da face da Terra, e só agora eu descobria isso."


"Eu nunca me mostrei. Nunca me conheci de verdade." 

6 comentários

  1. Oi, Clarissa. Eu li o livro ano passado se não me engano e assim como você gostei bastante. Eu acho muito fofo esses livros com clichês e não foi diferente. Ás vezes não gostava da Gia pelas atitudes dela, principalmente por se importar tanto com a aparência, mas eu realmente amei a obra, ainda mais o namorado de aluguel dela, que eu queria pra mim.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu adorooo Young Adult e não conhecia esse. Gosto dos que são clichê, mas também curto umas surpresinhas de autores bons. Fiquei interessada nesse <3 Vou colocar na minha listinha, ainda não conhecia *-*

    Bom final de ano :D
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Clarissa, eu super concordo com vc, é um YA bem leve mesmo, eu fiquei impressionada com a bola de neve de mentiras da protagonista! E adorei a capa do livro <3 Quero ler outros da autora!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Acho que essa é uma história que eu iria gostar mesmo se fosse 100% clichê, hahaha! Adorei saber mais sobre ela!

    Beijos e feliz ano novo!
    https://controversios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Esse livro também ta na minha listinha há algum tempo! Bom, fico feliz que a resenha tenha sido positiva! *.*

    mariasabetudo

    ResponderExcluir
  6. Oieee...
    Acredita que faz um tempão que tenho esse livro salvo no Drive e tinha medo de ler por achar super clichê? Tô vendo que me enganei, vou ler assim que conseguir, rs!

    Beijoooo 💖

    ResponderExcluir

❤ Proibido usar palavras de baixo calão
❤ Não há moderação de comentários
❤ Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo e segui-lo no Google Friends Connect!

por aqui...

algumas parcerias e informações