4

The Kiss Of Deception
Mary E. Pearson

5

O Orfanato da Srta. Peregrine P. C. P.
Ransom Riggs

1

826 Notas de Amor Para Emma
Garth Callaghan

2

Meu Romeu
Leisa Rayven

3

Jardim de Inverno
Kristin Hannah

RESENHA: Querido John - Nicholas Sparks

02 outubro 2017

Querido John
Nicholas Sparks
Editora: Novo Conceito
Ano: 2011
Páginas: 277
Adicione no Skoob - Compre aqui
Sinopse: “Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre. Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.



     A resenha de hoje demorou, mas finalmente saiu. Querido John é um livros que todo mundo já ouviu falar (ou do livro ou da adaptação pra filme) e eu ganhei em Outubro de 2012 da minha mãe e nunca tinha chegado ao fim. Acho bom deixar claro que, naquela época, aos meus 13 anos de idade, eu realmente odiava ler histórias de amor que fossem trágicas e lembro que parei a partir do momento em que o John começa a sofrer pela Savannah. Eu me perguntava como ela conseguia fazer aquilo com ele e abandonei o livro. Simples assim. Mas como eu já aprendi que existem momentos certos de ler livros, voltei a leitura de Querido John certa de que, desta vez, acabaria com sucesso, já que me identifiquei muito com atitudes do John e da Savannah desde o início. 

"Eu me apaixonei por ela enquanto estávamos juntos, e me apaixonei ainda mais nos anos em que ficamos separados. Nossa história tem três partes: um começo, um meio e um fim. Embora seja difícil acreditar que a nossa não durará para sempre."

        Em Querido John, John Tyree, um jovem soltado do Exército americano, volta para casa em um período de recesso e conhece a misteriosa Savannah, uma estudante universitária tão bondosa e com a alma tão pura que só em estar perto dela, era renovador. John e Savannah aproveitam cada segundos juntos, mas, inevitavelmente, a despedida chegaria e foi mais difícil do que os dois pensaram. Após promessas de cartas e ligações, John volta para o campo já contando os dias para rever Savannah, mas o relacionamento à distância dos dois se mostra difícil e sofredor para os dois lados. Logo, John e Savannah tem que decidir o que é melhor para cada um e o que o amor significa, no final das contas.

       Prometi pra mim mesma que não ia chorar. Na verdade, sempre prometo isso ao começar um livro do Nicholas Sparks. É como se eu quisesse desafia-lo nessa áurea dele de escrever romances que fazem qualquer jovem com coração e esperanças de romance chorar. Infelizmente, a oportunidade que parecia perfeita, foi por água abaixo. Pensei que não ia chorar já que sabia que não iria sofrer dessa vez e nem me emocionar com cenas românticas. Mas aí é que vem a parte mais interessantes do Nicholas Sparks! Ele pode não te fazer chorar de sofrimento ou de romance, mas sim de compaixão. Chorei de compaixão 3 vezes. Me teletransportei via página de livros e me coloquei no lugar de John, Savannah, Tim e seu irmão autista e me emocionei. 

"Embora eu não tivesse vontade de passar meu tempo com caras da fraternidade, o sorriso de Savannah era tão caloroso que as palavras escaparam dos meus lábios antes que eu pudesse impedi-las"

       Cada palavra do Nicholas em forma de narração do John, é sabia. Depois de 5 anos, reler cenas que já tinha lido na pré adolescência foi renovador. Incrível como amaldiçoei Savannah pelo que disse varias vezes, e desta vez, compreendi cada palavra. No entanto, não consegui escolher um lado. John estava certo, mas Savannah também estava e, no final das contas, eu não conseguiria ver outro final além do escrito para o romance. Como o próprio John disse, ele descobriu o que é amor em sua forma mais bonita, que não é apenas estar com alguém porque ama e querer essa pessoa pro resto da vida, mas sim amar tanto alguém que a felicidade dela te faz feliz, não importa com quem esteja e nem onde.

"Você é raro e lindo, John. Eu me apaixonei por você, mas, acima de tudo, conhecer você me fez perceber o que realmente significa amor verdadeiro."

       O romance que eu considerava trágico (porque não tinha lido) é hoje um que eu vou considerar a cada passo que eu der pensando num amor que me faça feliz. E ele NÃO é trágico! Acho que da pra tirar uma lição daquelas desse livro, assim como qualquer outro do Nicholas Sparks. O romance é simples, curto, meio triste, emocionante e sem clímax e nem momentos que você para e pensa um palavrão daqueles, mas é digno de minhas 3 estrelas e de uma reflexão sobre o significado do amor e de uma amizade verdadeira. Só queria que as pessoas fossem menos “preconceituosas” com o que o Nicholas escreve, venero esse homem e admiro a forma que ele encontrou de mostrar para as pessoas os maiores bens do mundo, que não giram em torno do amor carnal e romântico, em forma de casal. 


P.S: Assisti 1/3 do filme e pretendo assistir dessa vez até o fim e trazer pra vocês minha visão de livro vs. filme desse clássico que todos odeiam a adaptação.  

P.S 2: Esse mês tem muuuuita novidade por aqui pelo blog e BASTANTE post! Então fiquem ligados por aqui ou pelas redes sociais do blog, @proximaprimavera (Instagram) e Próxima Primavera no Facebook!
  1. Eu li esse livro faz um boooom tempo, tanto que mal lembrava. Lembro de algo deles construindo casas, não? Ou não é nesse? hahaha Só sei que achei suuuper fofo e amei o filme. Fiquei com vontade de ler de novo pra relembrar a história. Adoro como o Nicholas Sparks consegue mexer com as nossas emoções <3

    Beijinhos
    tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito bom! É esse sim, eles constroem uma casa haha. Verdadeee, o Nicholas sabe muito bem como fazer isso hahaha <3

      Excluir
  2. Já li esse livro e meu Deus como ele é maravilhoso, cada pagina dá vontade ler mais e mais. Com certeza é um dos meu livros favoritos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim!! Um dos melhores do Nicholas sim sim <3

      Excluir
  3. Oi Clarissa! Eu acho que sendo do Sparks deve no mínimo ter uma boa reflexão mesmo. Eu ainda não consegui ler e nem conferi o filme, mas por tudo que vc conta na resenha, ainda lerei!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simm, Nicholas rei das reflexões mesmo haha. Leia sim, Mi, é muito bonita a história!

      Excluir
  4. Oi, Clarissa!
    Nunca li e nem assisti o filme. Os romances do Sparks nunca me chamaram atenção...
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Clarissa. Já li muito livros do Sparks, mas nunca tive interesse para ler essa obra. Acho ela um tanto sem graça devido ao filme ser meio "paradão", ainda mais com essa atriz que eu acho muito uó. E também acredito que ele tem obras melhores, não dá pra achar que a obra é boa só porque teve uma adaptação legal.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme realmente é muito parado, mas o livro nem é assim! A atriz eu amo, mas não gostei da atuação dela nesse filme :(

      Beijoss

      Excluir
  6. Tenho o livro mas ainda não li, gostei do filme mas normalmente os livros são sempre melhor, basta ver pelo "The Last Song", o livro é bem melhor e tem um final mais bonito :)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso! Gosto muito de A Ultima Musica e achei uma das melhores adaptações pra filme!

      Excluir
  7. Eu amo esse livro demais! Não sou muito de livros que viram filme porque depois que assisto não quero mais ler, mas esse li antes do filme e amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito linda a história mesmo sem um final romântico hahah

      Excluir
  8. Eu já assisti o filme mas nunca tive muita vontade de ler o livro..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Esse foi um de dois livros que li do Sparks, amei sua resenha e também daria 3 estrelas para ele! Não foi uma história que me fez amar imensamente o livro mas é gostosinho de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim mesmo como você descreveu. Não é maravilhoso, mas não deixa de ser lindo!!!

      Excluir
  10. Olá!
    Já li esse livro quando estava no ensino médio, já tem um bom tempo e lembro que me emocionei bastante com essa história, e o filme é lindo também. Lendo a sua resenha me bateu vontade de reler rs' adoro os romances do Nicholas, e todo ano leio algo do autor e esse ano ainda não li nenhum livro dele, que saudade! Adorei sua resenha, super sincera e muito bem escrita!

    beijos!
    https://blogdatahis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma historia bem linda mesmoo <3
      Obrigada, Tahis!!!

      Excluir
  11. Eu li esse livro em inglês, na verdade eu só li por ser um livro que minha professora de inglês me deu de presente. Eu ganhei foi lá em 2009 junto com o jogos vorazes e Uglies (todos em inglês) e eu odiei Dear John, na verdade eu não consigo engolir as histórias do nicholas e não por ter um final triste. O cara deve ter uns 30 livros que sempre alguém está com câncer ou uma doença igualmente terminal o que pra mim é pra ganhar simpatia das senhoras leitoras dona de casa (não que seja apenas elas que leem, mas eu estou desabafando aqui hahahhaha). É tipo o John Green, embora gostei de TIFIOS, os outros livros foram super loucos e parecidos hahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Acho que gosto do nicholas justamente por essa pegada mais real de amor nem sempre ser a saída infelizmente :(

      Excluir

❤ Proibido usar palavras de baixo calão
❤ Não há moderação de comentários
❤ Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo e segui-lo no Google Friends Connect!