2

A Caderneta Vermelha
Antoine Laurain

3

Extraordinário
R. J Palacio

4

A Garota do Calendário #5
Audrey Carlan

5

Meu Nome é Albert!
Ronaldo Viana S.

1

Duff
Kody Keplinger

REVIEW: Chronically Metropolitan com Shiloh Fernandez

22 maio 2017
Foto: IMDb



Chronically Metropolitan
Ano de Lançamento: 2016
Elenco: Shiloh Fernandez e Ashley Benson
Classificação etária: +16 anos
Gênero: Drama
Sinopse: Fenton Dillane é um jovem escritor que passou algum tempo fora de casa. Certo dia e sem avisar, ele decide retornar ao seu lar em Nova Iorque com o objetivo de resolver alguns dos problemas e lembranças que continuam a complicar sua vida: os conflitos com sua família, o término com sua ex-namorada e algumas problemáticas de seus tempos de infância.






     Vou logo dizendo que me decepcionei real com Chronically Metropolitan. Eu apostei todas as minhas fichas na qualidade desse filme e fiquei me detestando em todos os minutos por estar perdendo tempo assistindo. Primeiramente decidi assistir exclusivamente por causa do meu ator favorito Shiloh Fernandez. Amo esse homem desde quando eu tinha 11 anos de idade e assisti A Garota da Capa Vermelha em Pay Per View na Sky. Fiz resenha aqui no blog também de outro filme recém de Shiloh, o Pássaro Branco na Nevasca que eu me decepcionei o filme todo, mas no final me surpreendi e acabei amando o plot twist. Mas em Chronically Metropolitan nem isso teve. 

Resultado de imagem para chronically metropolitan
Foto: Ticket Central

       Em Chronically Metropolitan, conhecemos a vida de Fenton Dillane, um escritor amador que volta pra casa depois de ter fugido para a Califórnia por causa de um acidente com seu pai. Isso só dá pra entender na metade do filme e nem é um spoiler! O pai de Fenton é um escritor famoso por causa de um único livro, mas por conta da fama, se jogou em coisas ruins e em amores passageiros com mulheres metade da idade dele mais novas que ele. Quando Fenton volta pra cidade, seus pais mal o recebem pelo fato de ele ter sumido por um ano e meio e sem explicações aparentes. Ele voltou para reconquistar Jessie, sua namorada na época em que ele fugiu. Nesse ponto, Jessie já era noiva de um artista famoso e Fenton vai fazer de tudo (zzzzz) para reconquistá-la de um jeito ou de outro, mas Jessie não consegue olhar na cara dele por ele ter usado suas habilidades de escritor para fazer algo terrível.

Resultado de imagem para chronically metropolitan
Foto: Pinterest
      

      Sinceramente, eu nem sei o que falar mais desse filme. Não me impressionei com absolutamente nada e só assisti até o fim por um possível plot twist. Não consigo acreditar até hoje que o Shiloh participou de um filme tão bosta. Não gosto de falar mal de filmes nem livros, mas quando é preciso, eu não posso calar minha boca. Os personagens são superficiais, a trama é sem detalhes e sem foco, terminei o filme e não soube qual era o ponto: o sumiço de Fenton por sei lá qual motivo ou as complicações com Jessie. Não sei o porquê de terem focado tanto nas saideiras do pai de Fenton com outras mulheres. Quando vi que a classificação etária do filme era 16 anos, fiquei tranquila. Não existe um filme do Shiloh que seja livre para todos os públicos. Mas Chronically Metropolitan tem essa classificação pela boca suja. De Fenton? Nem. Da mãe de Fenton em relação ao pai dele. 

     É bem sem sentido. Me perguntei por que Chronically Metropolitan e até agora não entendi também. O título nem tem tradução pro Brasil nem nada e é bem fácil de entender porquê flopou total nos EUA e aqui também. Por que estou falando aqui no blog então? Porque eu só posso ter algum problema em não gostar nadinha de um filme. Quero que alguém se aventure a abrir a Netflix e assistir pra ver se é realmente tudo o que eu disse. Mesmo com a Ashley Benson, a Hannah de Pretty Little Liars e o maravilhoso Shiloh, minha nota é 1/5 estrelas.

                                                                                                           
  1. Eita, pior coisa quando vamos esperando demais de um filme, acho que em 80% das vezes acaba em decepção. Detesto! Pena que perdeu tempo com este filme, mas fica aí a dica pra gente. O ator eu não conheço, mas por ter a Ashley Benson ia me chamar atenção. Agora vou fazer a nota mental pra não assistir x)

    Beijinhos :D
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHA mas você deveria assistir pra confirmar o que eu disse!!!

      xox
      Próxima Primavera

      Excluir

❤ Proibido usar palavras de baixo calão
❤ Não há moderação de comentários
❤ Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo e segui-lo no Google Friends Connect!