13 fevereiro 2017

RESENHA: Moby Dick - Herman Melville

Moby Dick
Herman Melville
Editora: Abril Coleções Ilustrado
Páginas: 279 (Adaptado da versão original)
Adicione no Skoob
Compre: Abril (R$14,90)
Sinopse: Nesta história brilhante e imortal, Ahab, o capitão do navio baleeiro "Pequod", trava uma batalha obsessiva e sem trégua com essa baleia. Ela foi responsável pela perda de sua perna, consequentemente deve ser morta.

 






         Finalmente chegou o dia de estrear o Rory Gilmore Books Project! Pra quem ainda não sabe sobre esse projeto, ele é inspirado na série Gilmore Girls, em que a protagonista Rory Gilmore é viciada em livros da Literatura Estrangeira. Pensando nisso, os fãs da série e de livros criaram um desafio de ler todos os livros citados por ela na série e acredite se quiser: são mais de 300. Esperei chegar 2017 para poder começar e a coragem nunca vinha, até em um belo dia em Porto de Galinhas/PE, vi um estande de livros baratinhos e fui xeretar, entre os vários livros que eles vendiam, Moby Dick me chamou atenção e a oportunidade foi incrível já que esse livro está entre os que Rory leu em Gilmore Girls. Agora chega de enrolação e vamos à resenha!


       Antes de tudo, quero deixar claro meu amor pela edição da Abril. Além de ela ser de capa dura e bem prática, ainda é super ilustrada e me fez imaginar as cenas bem direitinho já que é meio complicado se situar em uma história às vezes. O livro fala de Ishmael, um jovem aventureiro com o desejo de explorar as águas pelos Oceanos da vida. Moby Dick (de 1870) é narrado pela visão dele, que conta desde o comecinho como foi sua jornada até chegar ao navio em que a história ia realmente começar. Dentre vários detalhes, Ishmael cita experiências passadas e usa um vocabulário bem típico de caçadores de baleias. A parte complicada do livro foi essa, de certeza. Fiquei muitas vezes em dúvida e recorri ao dicionário de trás do livro para informações. Mesmo assim, o livro é bem adaptado para crianças até, com ilustrações que mostram referências sobre o assunto do capítulo e tudo mais. 

      Ishmael vai até os mares guiado pela sua curiosidade e junto com seu amigo Queequeg - que conheceu na Pousada - vai procurar saber mais sobre a caça às baleias. Os dois entram a bordo do navio Pequod e Ishmael faz questão de observar e ouvir as histórias de cada um na passagem dos dias no navio e sua curiosidade acerca do capitão de Pequod, que diziam ter uma perna de pau devido à um ataque de uma enorme baleia branca. A tripulação agora vai se aventurar com a baleia branca nomeada Moby Dick enquanto tenta desvendar os segredos dos Oceanos e do capitão Ahab.







Moby Dick foi uma leitura menos interessante do que eu esperava. Desde pequena ouço histórias da baleia branca e na prática, meu interesse foi diminuindo cada vez mais. Por mais que seja um clássico bem estruturado, é preciso ter paciência para ler tantas páginas (e olha que a versão original tem mais de 600 páginas) e não ficar com tédio. Mesmo o livro sendo adaptado, muitos capítulos são grandes e sem conteúdo importante. Apenas histórias sem graça de alguns tripulantes que Ishmael faz questão de explicar a vida de cada um em detalhes, comendo mais de 10 páginas. Apesar disso tudo, gostei de conhecer a história de Moby Dick real. Eu não fazia ideia de como era o clássico e após ler, fiquei até um pouco interessada na história das baleiras e na vida dos antigos baleeiros. E é por isso que a própria edição da Abril trás informações desde Charles Darwin até as baleias. E logo nas últimas páginas vemos ilustrações reais do Pequod, o que eu realmente achei legal. 


A leitura não foi leve, e sim recheada de termos técnicos e enrolações. Mas não posso dizer que me arrependi de ter lido um clássico desses. Moby Dick foi um bom começo para os infinitos livros do Rory Gilmore Books Project e eu fico feliz de tê-lo por aqui para dar uma lida no futuro ou até emprestar para alguém que se interessa em conhecer a Literatura Estrangeira. 



Livros já lidos e resenhados:

Moby Dick 

16 comentários:

  1. Quando vejo esses livros mais antigos, sempre penso que são mais cansativos e com enrolação, então entendo seu ponto de vista. Eles não me chamam muita atenção pra ler, mas acho legal conhecer a história, ao mesmo tempo x)

    Beijo!
    http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, todos os livros antigos parecem ser meio assim né? haha. Mas sim, é ótimo conhecer a história pelo menos!
      Beijão!

      Excluir
  2. Achei muuito legal esse projeto. Já tinha passado o olho nos 300 livros que ela leu, fiquei até tonta. hahahah
    Até entraria no projeto mas já to cheia de livros para ler.
    Já tinha ouvido falar desse livro, mas nunca me chamou atenção para ler.
    E pelo jeito continua não chamando, rsrsrs. Parece ser cansativo.
    Mas adorei sua resenha
    Beijos
    www.doceestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade!! Super coragem hahaha. É um pouco cansativo sim, mas acho que vale a pena se aventurar!! Beijosss

      Excluir
  3. hello, write sensational blog, you may be
    in love with him right away!
    I like the text and design blog.
    You can agree on follow for follow?
    I like to be in touch with the wonderful blogs :)
    kisses from Poland :*
    ayuna-chan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thanks for your visit! I'll check on your blog! Xoxo.

      Excluir
  4. Oi, Clara. Eu tenho certo problema para ler livros em alto mar. Tentei ler O Lobo do Mar e não consegui. É uma história densa, chata e cansativa, é para quem realmente gosta do gênero e eu não sou dessas. Já ouvi falar muito dessa história, mas sinceramente, eu nunca pensaria em pegar para ler.
    Beijo! Leitora Encantada
    Promoção 4 anos de blog Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo! É beeeem esticada mesmo! Eu só li por ser um clássico mesmo haha. Beijoss

      Excluir
  5. A Abril caprichou mesmo na edição, o livro ficou lindo! Eu nunca li, mas sempre tive vontade por ver esse livro sendo citado nas séries, maaas acho que eu também ficaria bastante no tédio, sabe? Provavelmente leria só por ser um clássico e não pela história em si. Adorei a resenha!
    Um beijão,
    Gabs do likegabs.blogspot.com ❣

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmmmmm. É bem tedioso, mas eu li por ler mesmo. Pra ter como lido na estante haha. Beijoss <3

      Excluir
  6. Olá, Clarissa.
    Que legal que está participando desse projeto, que coragem hehe. Eu li esse livro tem muito tempo já e a edição era bem feinha hehe. E confesso que não gostei muito não. Achei a leitura bem arrastada e demorei horrores para terminar.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To com a cara e a coragem hahaha. Eu te entendo beeem, arrastada é pouco!

      Excluir
  7. Sempre tive muita curiosidade de ler esse livro! Uma vez eu vi uma linda edição super antiga que provavelmente deve ser a história original... Nunca vou esquecer o quanto achei linda aquela edição de dois volumes <3
    Boa sorte com seu projeto!
    Garota do 330

    ResponderExcluir
  8. Oi, Clara!
    Eu quero ler esse livro justamente por causa do desafio Rory Gilmore. Estou tão atrasada com isso, ainda bem que entrei nessa encarando como um desafio para um vida inteira! Hahahah! Estou tentando achar uma edição bacana com a versão integral e que caiba no bolso. Eu tenho a impressão de que vou sentir o mesmo que você durante a leitura, a premissa já não me chama tanto a atenção assim e saber que o livro se prende a tantos detalhes desinteressantes vai me fazer adiar a leitura um pouquinho mais.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  9. Comecei esse livro ano passado, lendo um pouquinho antes de dormir. Não consegui. Achei a história maçante, chata pouquíssimo interessante. Enquanto a narrativa é bem detalhada, o tema não ajuda e acaba ficando pesado mesmo eu gostando de Ishmael.
    Meus parabéns por concluir, acho que é sempre um desafio ir em frente com um livro pelo qual não nos apaixonamos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Ual! Não sabia desse projeto, achei demais! Porém 300 livros? Guerreira!
    Gostei da resenha, a história é bem antiga e bem conhecida!
    Beijão
    Lua
    www.a-toca.com

    ResponderExcluir

❤ Proibido usar palavras de baixo calão
❤ Não há moderação de comentários
❤ Deixe o link do seu blog para que eu também possa visitá-lo e segui-lo no Google Friends Connect!