5

Meu Nome é Albert!
Ronaldo Viana S.

1

Duff
Kody Keplinger

2

Quando a Noite Cai
Carina Rissi

3

Lola e o Garoto da Casa ao Lado
Stephanie Perkins

4

(Im)Perfeição
Helena Souza

Nostalgia das minhas primeiras músicas

30 março 2016


                     Alguns dias atrás achei meu antigo cartão de memória do meu primeiro celular. Foi uma surpresa porque eu não sabia o que poderia encontrar lá. Meu primeiríssimo celular foi há uns 7 anos atrás e era daquela moda dos celulares que deslizavam pra cima pra desbloquear.

Crowded: uma série para ver nesse feriado!

25 março 2016

      No começo da semana passada, enquanto mexia no Twitter (@proxprimavera), encontrei alguém falando de uma nova série que tinha acabado de começar nos Estados Unidos.

REVIEW: The DUFF e o bullying

23 março 2016


The DUFF (D.U.F.F - Você conhece, tem ou é)

Classificação: 12 anos
Sinopse oficial:
A jovem Bianca descobre um dia que foi escolhida pelas amigas de colégio como uma DUFF (Designated Ugly Fat Friend), ou seja uma amiga feia para que elas se pareçam ainda mais bonitas em comparação. Revoltada, Bianca pede a um atleta popular da escola para ajudá-la a melhorar o seu visual.

DIY: Life Planner para organizar sua vida!

21 março 2016
       
                 Já faz algumas semanas que eu vi no blog Que Se Ame um modelo de Life Planner pra imprimir. Eu sempre quis fazer um desses para me organizar já que por mais que eu seja uma bagunça, tento ao máximo organizar minha vida.

Wishlist da Páscoa

17 março 2016
            

    
    A Páscoa já vem aí e eu já começo a passar pelas sessões de ovos de Páscoa no mercado. Vou comprá-los? Claro que não mas não é proibido sonhar né?

Sonhos que nunca deixarei de sonhar

15 março 2016

           

                       Um dia achei que eu cresceria o suficiente pra ser o que sempre sonhei. Eu seria uma bailarina, já que eu amo dançar, com aqueles vestidos rosas e um coque cheio de gel. Eu dançaria e faria as pessoas se admirarem com minha elasticidade.

REVIEW: Begin Again com Adam Levine

13 março 2016


Begin Again (Mesmo Se Nada Der Certo)

Classificação: 12 anos
Sinopse oficial:
Uma cantora (Keira Knightley) se muda para Nova Iorque, mas logo após chegar no local, seu namorado americano decide terminar o relacionamento. Em plena crise, ela começa a cantar em bares, até ser descoberta por um produtor de discos (Mark Ruffalo), certo de que ela pode se tornar uma estrela.
Fonte da sinopse

Minha estante de livros

09 março 2016




Oi gente! Resolvi que vou começar a fazer mais posts assim de mostrar algo e minha estante de livros (recentemente adquirida) seria a primeira coisa que eu mostraria. Comprei essa estante porque eu colocava meus livros embaixo de um móvel aqui e a madeira não aguentava mais e aí o jeito foi comprar uma do jeito que eu queria. Com várias prateleiras e com portas. Minha primeira opção era sem portas mas depois vi que seria mais em conta se eu comprasse com portas já que meu quarto enche de pó muito rápido e eu teria que limpar muito pra não ficar espirrando. Não lembro muito bem quanto foi esse armário porque já faz um bom tempo que comprei mas lembro que ele foi em torno de uns duzentos reais. 

Logo na frente eu achei muito simples e apagado. Eu queria um armário que fosse branco na frente mas como não achei, resolvi comprar esse mesmo e decorar do jeito que eu quisesse. Bem, eu realmente não esperava que eu fosse decorar com um monte de papel com anotações de prova e horários e muitos post its. Mas eu gostei assim e logo quis deixar ainda mais enfeitado e colei as fotos polaroid da Taylor que vem no 1989. 


Na primeira prateleira eu coloco os livros que eu não leio muito e que mal pego também haha. Tem livros de escola e até alguns livros que até hoje tento criar coragem pra ler. Tá vendo aquele livro beeeem velhinho ali? Cheio de fita e com uma cara de que foi do século passado? Bem, ele é minha preciosidade! É um livro da Disney em inglês bem ilustrado com várias situações em que se diz TUDO na cena em inglês e eu comecei aprendendo com esse livro. Que já passou por muuuuuita gente na família desde 1979 (tem escrito na frente)! Eu guardo com o maior carinho mesmo que ele esteja caindo aos pedaços porque quero de recordação e que continue passando pela família.

Na segunda prateleira eu deixo o que considero mais importante: meus livros. Sim, esses são todos os meus livros. São poucos eu sei, mas eu atualmente só compro aqueles que eu realmente já li e gostei. Antes eu comprava pra ler mesmo e pedia muito emprestado a amigas. Agora com o Kindle, só leio digital e depois compro se gostei muito. Meus livros em inglês são meus xodós e a cada vez que vou em uma livraria maior trago um! O da vez é Fazendo meu filme da Paula Pimenta na versão inglês, mas eu também amo muito Se eu ficar na versão original já que talvez seja meu filme e livro favorito!








Mas claro que não posso negar que tenho uma paixão por entre esses livros. Uma das maiores inspirações que tenho para escrever (não só eu, acredito) é a Bruna Vieira. Acompanho essa menina incrível já faz tempo e quando eu a conheci, ela já tinha lançado o primeiro livro Depois dos Quinze e aí quando ela lançava algum eu comprava e até hoje sou assim (meu favorito é o A menina que colecionava borboletas)! E eu sei que faltam dois livros ali mas eu já fui em três livrarias diferentes milhões de vezes e nunca tem!  


Outra paixão que tenho é o livro Listografia. Não sei se vocês sabem mas eu amo escrever, seja a mão ou digitando. Então um livro que eu possa registrar (ou listar) tudo é uma coisa maravilhosa pra mim. O único problema é que eu só preenchi algumas páginas até agora (risos) e creio eu que no futuro vai ser legal ir preenchendo! 

AAAAAAAAH! Melhor página. Melhor dia. Melhor show. Melhor ídolo. Sim, me desculpem mas eu tive que mostrar essa página por causa do Tiago Iorc. Foi meu primeiro show (no dia 13/09 do ano passado) e eu esperei muito por esse momento e foi tudo maravilhoso e inesquecível. Vou fazer um post aqui só sobre o show e sobre como é a sensação de conhecer alguém que você admira muito. Mas um spoilerzinho: ele é um amor de pessoa mais do que você acha que ele seja! 




A terceira prateleira é a mais pesada e bem inútil de ser aprofundada nesse post. São só meus livros da escola que já uso fazem anos. Semana passada eu fiz uma geral nesse armário (pra fazer o post confesso) e tirei todos os livros que eu não vou precisar mais pra nada. Sobraram esses que são a junção dos livros da minha escola atual e a minha escola antiga (que só estudei um ano) e bem são muitos livros! Os últimos de arame branco são os do cursinho pro ano todo e vamos na fé!



Na quarta prateleira eu guardo meus cadernos da escola, meu livro atual no inglês e o antigo (falta um laranja que eu perdi haha) e todas as minhas revistas acumuladas. Mais trecos que nem sei porque estão ali, como álbuns de fotos de quando eu era criança e um DVD portátil que nem funciona mais (RIP meu faz-tudo 2008-2016).



E por fim, a última prateleira. Lá eu chamo de bagunça. Tem desde caixa de livros antigos até caixas de câmera fotografia e leitores de livros. E alguns cadernos que por pena não jogarei fora haha!


Molho rosé: minha receita favorita

06 março 2016



             Um dos meus hobbies favoritos é cozinhar. O único problema é que mal tenho tempo de sobra pra fazer invenções típicas, por isso quando eu tenho eu viro a cozinha de cabeça pra baixo literalmente. Eu misturo muitas coisas gente, sério. Meus únicos desejos na cozinha que quero realizar antes de ir morar sozinha ano que vem (se Deus e o ENEM quiser) são aprender a cozinhar um feijão que seja comestível e um bolo que não queime. Mas o resto eu já desenrolei e dá pra não morrer de fome. Bem, indo ao assunto desse post, trago uma receita (acho que isso nem é uma receita, gente), mas é o que eu mais faço diariamente por mais que não faça muito bem à saúde porém é delicioso e você pode comer com tudo. Seguinte, assim que eu experimentei esse tal molho rosé, foi no Mc Donald's quando eu resolvi pedir pela primeira vez uma Ceasar Salad (uma delícia, experimentem) e eu escolhi esse tipo de molho e minha nossa! É muito bom! Depois disso eu passei a pedir o molho rosé em tudo que os restaurantes ofereciam. Desde batata frita até na carne (que eu odeio como já disse aqui). Depois de meses, eu finalmente encontrei depois de várias procuras e tentativas, os ingredientes perfeitos que fazem um verdadeiro molho rosé. Vamos lá!

Você vai precisar de:


  • 3 colheres cheias de maionese (é só uma base, dependendo de quanto você quiser, é só colocar)
  • 2 colheres cheias de ketchup (sempre coloque menos que a quantidade escolhida de maionese)
  • 1 colher cheia de mostarda
  • 1 colher rasa de vinagre
  • Temperos à gosto


Só misturar e pronto! Eu adiciono molho de salsa já que sou fã de molhos e por aqui não falta. Esse molho fica uma delícia em saladas, carnes grelhadas, hambúrgueres e fritas!

#PLAYLIST: Favoritas de Fevereiro

04 março 2016
 


 

         Como prometido, a cada começo de mês irei postar uma playlist das músicas que mais ouvi no mês anterior. A playlist de Janeiro foi bem mais pop enquanto em Fevereiro minha vibe foi mais calminha haha!

12 filmes que recomendo

01 março 2016



Oi gente, bem eu resolvi participar de um desafio chamado #12meses12coisas, proposto para as blogueiras e o objetivo é escrever sobre 12 temas em 12 meses.